Review – Usagi Drop

Quer se emocionar e tirar uma boa lição de um anime de boa qualidade e um mangá Josei ?

Olá pessoal!
Sim, aqui é a OtomeNerd! Eu fui convidada para escrever sobre qualquer coisa dentro da temática do blog, então eu resolvi fazer o que faço de melhor, escrever uma review.

A review é sobre Usagi drop o mangá josei de Yumi Unita, publicado na revista Feel Young em 2005. Em 2011 ele ganhou um anime dirigido pro Kanta Kamei e do estúdio Production I.G. No mesmo ano também ganhou um filme dirigido por Sabu.

A historia

A história fala sobre a pequena Kaga Rin a filha ilegítima do avô de Kawachi Daikichi, ela foi rejeitada quando seu pai morreu e não tinha com quem ficar, pois sua mãe tinha sumido e a deixado para traz. Rin acabou indo viver com Daikichi que teve que adaptar todo seu modo de vida para cuidar dela.

Comentários Técnicos

A arte do mangá e a do anime são muito boas, no caso não tem nada de especial. Ela é simples não contem cenários muito elaborados e nem ele, nem os personagens são detalhados. Isso não significa que seja de baixa qualidade, mas sim que eles focam mais na historia, nas falas e na personalidade dos personagens no que da arte em si, mas ela não deixa a desejar pelo estilo.Apesar do anime ter acabado de forma “errada”, pois deixou muitas duvidas e historias inacabadas, não significa que ele seja ruim pois passou uma ótima mensagem sobre pais e mães solteiros e suas dificuldades.

No mangá a historia obviamente é mais completa mostrando por completo a evolução dos personagens e respondendo as duvidas que quem só viu o anime. Nele a Rin que é a personagem principal que no começo tinha seis anos aparece como uma colegial enfrentando os problemas normais de uma colegial, como amigos, em relacionamentos amorosos e os estudos. Os outros personagens também crescem e se transformam, e da para perceber essa evolução pouco a pouco, por isso digo que o mangá não deixa a desejar como o anime apesar de que os dois são muito bem feitos.

Comentários Finais

Tanto o anime quando o mangá são muito bons de acompanhar e muito emocionantes. O jeito que a história vai se desenrolando, mostrando toda a complexidade de criar uma criança que ainda tem o peso de ser abandonada pela mãe, rejeitada pela sua família e criada por um completo estranho. Eles mostram toda a alegria que ela pode ter por ser bem criada, o que se passa pela cabeça dela quando pensa na mãe.

Dele dá para tirar boas risadas e momentos de choro, sem contar que você vai vendo o episódio, o tempo passa e você nem sente, ou seja, não é cansativo.Além da história ser muito boa, os personagens também são muito bons, cada um tem seu pensamento e seu tempo e nenhum é parecido com o outro. Isso faz com que além da história que já é interessante os personagens façam tudo ficar bem melhor.

Então é isso pessoal, espero que gostem e quem sabe eu passo aqui de novo algum outro dia.

Publicado em 10/08/2012, em Review e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 10 Comentários.

  1. *Gostei do tema do anime, no meio de tanto moe e battle shounen há esses com estória diferenciada, mas eu tenho uma preguiça desgraçada de procurar, vou tentar ver assim que terminar GTO n.n’ Sonho em ver um review de Kuragehime algum dia no Banzai hein… ç_ç

  2. Se sobrar um tempo entre os milhares dessa temporada vou ver.

  3. parece ser bom, mas tempo e internet boa pra baixar ta em falta😦

  4. Natalia R.

    Ainda não conhecia esse anime mas gostei muito da historia e concerteza irei assistir. Historias do gênero são fascinantes pra mim e seria bom se vc postasse mais coisas pra gente🙂

  1. Pingback: Review – Kuragehime « Otaku Banzai

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: