Review – O mangá Billy Bat, de Naoki Urasawa

Review- Billy BatO morcego que você viu era branco? ou era preto?

Eaaaae galera! Nesse mês a Panini decidiu colocar nas bancas duas obras do Naoki Urasawa, que são 20th Century BoysMonster. Então eu parei para pensar, “depois dessas obras veio Pluto”, só que o mesmo já foi finalizado e eu não sabia qual era sua obra atual. E foi desse jeito que eu descobri Billy Bat, que na minha opinião está no top 3 de melhores obras do Urasawa. Assim sendo eu parei para pensar de novo, “muita gente não deve ter o conhecimento da série ou ainda não leu”, portanto estou aqui fazendo esse review para que vocês se encantem pela obra como eu me encantei:

The Back - Billy Bat

A Obra:

Billy Bat  é uma série de mangá do gênero seinen, ou seja destinada a um público mais velho, escrita e ilustrada por Naoki Urasawa e com uma ajuda de seu novo parceiro, o roteirista Takashi Nagasaki . A série foi anunciada na 45ª edição da Weekly Morning no ano de 2008, tendo seu primeiro capítulo lançado na edição seguinte, em 16 de outubro de 2008. Atualmente a obra se encontra no seu 11º volume e ainda está em andamento.

Billy Bat

A história:

A história se passa no ano de 1949. O nosso protagonista é um nipo-americano, chamado Kevin Yamagata. Ele é um quadrinista novato e por alguma coincidência do destino está ganhando fama com o seu novo trabalho denominado “Billy Bat”, onde é contada a história de um morcego detetive. Só que num belo dia, ele fica sabendo que existe um personagem morcego muito parecido com o seu no Japão, com essa informação Kevin tirou a conclusão de que quando esteve no Japão deve ter visto esse personagem e inconscientemente ficou gravado em sua cabeça. Portanto ele decide voltar ao país para pedir permissão do seu autor original para pode continuar fazendo o Billy Bat.

qbilly_bat_c03_p001

Porém, chegando lá, ele se descobre que muitas coisas sérias estão envolvidas literalmente nessa história, e acaba se envolvendo em mortes, torturas, e até em profecias sobre um texto antigo de uma sociedade secreta, cujo o símbolo é um morcego, e pode ser a chave de tudo. 

billy-bat

Comentários Técnicos:

Vamos começar pela andamento do roteiro. Se eu não me engano essa é a primeira vez que Urasawa tem alguém o ajudado diretamente na construção de uma história e o padrão de qualidade continua o mesmo, se não melhor. Eles usaram um recurso extremamente novo e ousado nos 2 primeiros capítulos e sem querer pagar um pau, mas, ficou extremamente perfeito. No primeiro capítulo lemos a história do Billy Bat. Não entendeu !? Deixa eu explicar. Somos a apresentado ao quadrinho que Kevin está escrevendo, ou seja estamos vendo uma história dentro de outra. Esse primeiro capítulo é inteiramente colorido e no segundo ele vai perdendo o cor, mostrando que a parte colorida esta prestes a desaparecer, e quando fica preto e branco somos apresentados ao Kevin, se perguntando se está ficando bom. Simplesmente fantástico!

billybat02-03

Outro ponto narrativo a se destacar, é o dialogo do Billy Bat com o Kevin. O morcego seria como a consciência do protagonista, onde ele diz o que o quadrinista deve fazer ou não, o quê nos deixa confusos, já que não podemos tirar uma conclusão de qual é o objetivo do Billy Bat, mas isso acontece com quase todos personagens nós não sabemos quem é bom ou mau, fazendo o plot cada vez ficar mais interessante.

billy-bat-2415463

Nessa obra existem diversas semelhanças com obras passadas do Urasawa. Em Billy Bat existe um homem (o autor original da história do morcego) que prevê o futuro através de suas histórias, onde em 20th century boys existe o Deus, aquele morador de rua que através dos sonhos previa o futuro da humanidade. Existem outras comparações, mas que não vale ser ditas aqui. Em relação a isso eu acho aceitável, pois são elementos secundários e não há problema se forem usadas em pequena escala.

billy-bat-1674601

As diversas referências que já são a marca registrada do autor, continuam nessa obra. Podendo tirar como exemplo a “Marble Comics” e a “Golden Cola“. A única coisa que não me agradou foi em relação aos acontecimentos históricos. A história se passa num pós-segunda guerra mundial e o nosso protagonista é americano que está indo em direção a um país que foi trucidado pelas bombas de seu país e em momento algum vimos revoltas dos japoneses contra ele. Os autores priorizam mais acontecimentos que estão por vir que é o caso da guerra fria, onde em diversas horas é falado nas diferenças comunistas e capitalistas, o quê na minha opinião não condiz historicamente, sendo um ponto falho da obra.

j003

A arte é aquela mesmas que conhecemos, mas com um atrativo a mais, já que quando é mostrado o Billy Bat a arte usada é parecida com as de comics americanos. Essa transição Kevin-Billy Bat / Billy Bat-Kevin ocorre constantemente no mangá, pois a vida do personagem do quadrinho e a vida do personagem estão interligados, como se o quadrinhos fosse um diário que mostrasse o futuro de Kevin, então essas diferenças de desenho acaba por deixar o mangá mais charmoso e divertido de ler.

billy-bat-2457479

Comentários Finais:

Como eu disse anteriormente, mesmo não ser uma obra finalizada e eu não ter o conhecimento do final, pra mim ela é umas das melhores que eu já li do Naoki Urasawa. É um ótimo mangá de mistério, e por ser uma leitura nem lenta e nem rápida, deixa o leitor envolvido na medida certa. Mas lembre-se: Se trata de um mangá seinen, contém cenas de violência, nudez e outras coisas mais adultas, então se você não é muito velho ou se sente incomodados com essas situações esse mangá não é para você, porém se você não se encaixa nos grupos que acabei de citar, e quer algo diferente, mas que não fuja da temática mistério com diversas reviravoltas, Billy Bat é perfeito para você!

O conteúdo deste site, é apenas para fins de divulgação.

Sobre guigank

Só mais um carinha que mora logo ali e que está sem dinheiro para completar a maioria de suas coleções!

Publicado em 04/23/2013, em Review e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. Parece ser épico. As capas são uma beleza, o traço que não muda muito e continua totalmente condizente para um mangá seinen, a história é bem bacana parece ser cheia de mistérios e isso é ótimo. Adoro suspenses. Espero que alguma editora o pegue e o publique o quanto antes.

  2. Eu não conhecia este mangá, mas agora vou começar a ler. Amo suspense!

  3. Eu já conhecia este mangá, li vários capítulos e gostei pakas.É muito maneiro o tensão das cenas, parece filme americano.

  4. Eu comprei o primeiro volume de Monster antes de ontem e achei incrível, a história me prendeu completamente.

  5. A guerra fria começa logo apos a segunga guerra, que acabou em 1945. Como a estoria se passa em 1949, esta sim condizente historicamente.

    • Talvez eu tenha me expressado mal, o que eu quis dizer é que nesse momento o Japão não estava preocupado com avanços tecnológicos e sim com a reconstrução de seu país após duas bomba nucleares, se baseando em datas pode sim estar condizente historicamente, mas se basear no que um povo derrotado esta se preocupando após milhares de mortes, garanto que avanços tecnológicos ainda por cima de outros países. era o de menos no Japão de 1949.

  6. Todo mangá do Urasawa é fantástico, Monster, 20th Century Boys e Pluto são perfeitos, cada um na sua medida. Billy Bat estou querendo ler a um tempo já, mas não encontrei ele traduzido ainda, então até lá vou ficando só na vontade. xD
    Espero que com a finalização das obras dele que estão sendo lançadas no momento a Panini publique Billy Bat e Pluto.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: