Review: O mangá Eyeshield 21, de Riichiro Inagaki e Yusuke Murata

Review - Eyeshield 21Agora estou perdoado por não ter botado o Hiruma no Top! anterior?

Eaaaae galera! No meu último post Top! – Os Grandes Personagens Calculistas!”  algumas pessoas me questionaram pela não colocação do Hiruma nesse top. O motivo é simples, eu não tinha lido a obra inteira e nesse top eu decidi colocar obras que eu já tinha finalizado a leitura ou que pelo menos estivesse em andamento ainda. Então nesses últimos dias fiz uma “maratona” e consegui terminar Eyeshield 21. Fazia tempo que eu não me empolgava com um mangá de temática esportiva e por tal motivo, estou aqui fazendo esse review. Então, sem mias delongas vamos ao próprio:

Eyeshield 21

A Obra:

Eyeshield 21 é uma série de mangá do gênero shonen, ou seja para um público adolescente (sempre é bom relembra :D) escrita por Riichiro Inagaki e ilustrada por Yusuke Murata. A série foi publicada pela poderosa Shonen Jump, saindo o seu primeiro capítulo em 22 de Julho de 2002 e sendo encerrada em 15 de julho de 2009 com um total de 333 capítulos (37 volumes).  O sucesso foi tão grande no Japão que a obra ainda contou com a produção animada de 145 episódios, 5 jogos eletrônicos, diversos CD’s entre outras mídias .

117777

A história:

Ayrton Sena Kobayakawa é um garoto fraco e com poucos amigos, tendo uma única e grande amizade com Mamori Anezaki e por esse motivo ele decide frequentar o colegial na mesma escola dela, a  Deimon Private Senior High School. O nosso protagonista não possui muitas habilidades, exceto por uma até então desconhecida por ele que é uma velocidade e agilidade fora dos padrões, desenvolvida pelas diversas fugas realizadas para não acabar sendo saco de pancadas dos valentões. Essa habilidade foi descoberta pelo capitão e fundador do time de futebol americano do colégio, Yoichi Hiruma. Então o “demonio” Hiruma e Ryokan Kurita convidam Sena para participar do time, assim se tornando a arma secreta do Deimon Devil Bats. 

Hiruma

Só que nessa história existe um porém, para não ser descoberto e inevitavelmente ser recrutado para jogar em outros times, Sena tem que assumir publicamente ser o secretário do time e tendo que jogar com um capacete equipado de uma viseira, escondendo sua identidade, recebendo a alcunha de “Eyeshield 21”. E assim por diante segue a história do time que no início não possuiu o número de jogadores necessários para iniciar uma partida, e o continuamento do sonho de ser campeão do Christimas Bowl (Torneio de futebol americano mais importante do colegial japonês dentro do mangá).

Eyeshield 21 Speed

Comentários Técnicos:

Vamos começar pelo trabalho narrativo realizado pelo Riichiro Inagaki. Pra mim o forte dele nesse mangá é construção dos personagens secundários e as partidas de futebol americano. O Hiruma e o Kurita são um show à parte, os dois são muito bem construídos e servem como balança para deixar o personagem principal tão legal quanto eles, fazendo o Sena até ganhar um pouco de carisma (E vamos combinar que o Sena precisa bastante). Ainda podemos citar algo que só tinha acontecido comigo quando eu tinha lido alguns capítulos de Hajjime no Ippo, que é a capacidade do autor de fazer o leitor em certas ocasiões se identificar e até mesmo torcer para o adversário do time principal, só comprovando o quão bom são os personagem secundários, também podendo incluir os antagonistas. Sobres as partidas, todas tem um rumo realístico, sendo algumas previsíveis e outras não, deixando o mangá bastante atrativo e mais fluído.

Fight

O que podemos citar como ponto negativo e como o esporte futebol americano é apresentado, e clichês. Por não ser um esporte tão conhecido no Japão, fica evidente o esforço que o Inagaki tem de apresentar as regras do esporte e nisso ou fica de difícil entendimento ou falta complementos para entender as regras por completo. Os clichês sinceramente não aparece aos montes, mas querendo ou não “escurece” um pouco, mas também devemos ter em mente que eles aparecem em todas obras e devemos nos adaptar a isso.

Penalty game

Agora o atrativo do mangá, o principal da obra na minha opinião, a arte do Murata. Sério eu juro que eu estava procurando algo pra crítica só para não parecer fanboy, mas eu não achei nada. O traço dele é simplesmente fantástico, ele consegue dar um BOOM em diversos momentos do mangá, principalmente nas corridas do Sena que faz parecer ser algo até fora do normal, muitas vezes deixando parecer que os personagens tem super poderes. Algumas pessoas reclamam disso, mas eu acho que é isso que faz Eyeshield 21 diferente dos outros mangás de esporte. 

Eyeshield 21

Visando a obra como um todo, ela segue o que é proposto desde o início. Ela segue os objetivos principais e ainda por cima consegue rumar outros não tão importantes sem perder o foco. Tanto a evolução dos personagem quanto a da história em si, ocorrem nos momentos certos e são bem planejadas. Em relação a duração da obra é algo muito relativo e depende muito do ponto de vista, mas na minha humilde opinião ela poderia sim não ter certos arcos, mas o que não significa que os mesmos tiveram um desempenho abaixo dos demais e pelo sucesso que teve no Japão, ter conseguido ser finalizado com 37 volumes e não se tornar algo infinito e chato, foi relativamente bom pro mangá e para o seu final que por sinal não deixou à desejar. 

Shield

Comentários Finais:

Eu nunca escondi  que eu sou super fã do gênero  “esporte” Eu sei que ninguém quer saber, mas meu mangá preferido é Slam Dunk e anime preferido é One outs hahaha e Eyeshield 21 é uma ótima obra. Não sei como explicar isso, mas se você comparar tecnicamente com outra obras de esporte você verá que não tem nada de muito diferente ou algo inovador, mas com a leitura você percebe que o quê você está lendo é sim algo diferenciado, seja pela arte, pela narrativa, pelos personagens ou até mesmo por todo esse conjunto e que dificilmente vai haver outra obra tão assim. Talvez a palavra para definir Eyeshield 21 não seja bom ou inteligente e sim bonito, é um mangá bonito. Bonito pela sua estrutura, bonito para se ter na estante e reler novamente em outra ocasião.

Eye

Então resumindo, Eyeshield 21 é digno de se ler, e requer ser apreciado. Leia calmamente, pegue uma pipoca, um suco e aprecie. Pois é um mangá que vai te prender pela sua “Simplicidade diferenciada”. OBS: O Hiruma ficaria em 8º no meu top de personagens calculistas, pelo simples fato de eu ser orgulhoso e não voltar atrás😛.


O conteúdo deste site, é apenas para fins de divulgação.

Sobre guigank

Só mais um carinha que mora logo ali e que está sem dinheiro para completar a maioria de suas coleções!

Publicado em 06/06/2013, em Review e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Vou ver se leio este mangá, quando a pilha de outros mangás/livros acabarem…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: